--> All This Changes

E então eu soube, era você, só podia ser você o significado da palavra “sentir”. E eu senti, senti por um milhão, por um trilhão, senti por infinito. E como é bom sentir.

Quando conheci Esteban.  (via terminar)

Reblog with 3358 notes.

No fundo é simples ser feliz, difícil é ser tão simples.

O Teatro Mágico  (via terminar)

Reblog with 4023 notes.

Eu não queria me apaixonar. Não queria precisar de ninguém, na verdade eu não queria nada. Mas aí você apareceu… E olha, eu quis tudo.

Ireverente.  (via terminar)

Reblog with 11477 notes.

Não quero pensar, não quero fazer planos, não quero criar expectativas. Quero apenas que os dias passem.

William Shakespeare.  (via terminar)

Reblog with 82466 notes.

Você visita meu pensamento, rouba meu sono, acelera meu coração e me enche de saudade.

Quando conheci Esteban.  (via terminar)

Reblog with 7157 notes.

There are two types of waiting. There’s the waiting you do for something you know is coming, sooner or later—like waiting for the 6:28 train, or the school bus, or a party where a certain handsome boy might be. And then there’s the waiting for something you don’t know is coming. You don’t even know what it is exactly, but you’re hoping for it. You’re imagining it and living your life for it. That’s the kind of waiting that makes a fist in your heart.

Unknown  (via despetalar-te)

Reblog with 11241 notes.

Um dia, perguntei para o psiquiatra: sou bipolar? Ele me disse: de bipolar você não tem nada. Você é sincera e tem sentimentos intensos. E me explicou a origem da palavra sincera, que vem do latim e significa “sem cera”. Antigamente, carpinteiros e escultores usavam cera para disfarçar os defeitinhos de esculturas e móveis de madeira. Então, eles lixavam, passavam verniz e tudo ficava aparentemente perfeito e em ordem. O aspecto das peças era magnífico. Com o passar do tempo, do frio, calor e uso, a cera ia se desmanchando e os defeitos iam ganhando vida. Sinceridade é “sem cera”, ou seja, sem máscaras, sem retoques, sem querer ser o que não é. Achei bonita a explicação dele. E triste. Dói ser “sem cera”.

Clarissa Corrêa. (via auroriar)

Reblog with 21908 notes.